Venezuela se prepara para eleição de deputados constituintes neste domingo (30)

Compartilhe
Compartilhe
Share On Google Plus
Compartilhe
Contate-nos

Venezuela se prepara para eleição de deputados constituintes neste domingo (30)

Internacional

Mais de 19 milhões de eleitores escolherão 545 representantes que terão a tarefa de redigir uma nova Carta Magna

Leonardo Fernandes |
Apoiadores da Assembleia Constituinte em frente ao Liceo Andrés Bello, na praça Carabobo, em Caracas
Camila Rodrigues/Brasil de Fato

A Venezuela se prepara para a eleição de deputados e deputadas constituintes neste domingo (30). Apesar da forte pressão de potências estrangeiras para que a eleição não seja realizada, o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) já instalou as urnas eletrônicas em mais de 14 mil centros de votação espalhados pelo país. A presidenta do CNE, Tibisay Lucena, informou que algumas seções eleitorais tiveram que ser transferidas de lugar, devido aos protestos de setores da oposição.

Entre quarta-feira (26) e quinta-feira (27), os partidos opositores convocaram uma greve geral para rejeitar a realização da Assembleia Nacional Constituinte. Algumas linhas de ônibus da região leste de Caracas deixaram de funcionar e, em alguns pontos da capital, o comércio fechou as portas. Já no oeste da cidade, onde se concentram os setores populares da capital, a paralisação não teve qualquer efeito.

Nesta semana, os Estados Unidos impuseram sanções a 13 autoridades venezuelanas, como forma de pressionar o governo de Nicolás Maduro a desistir da Assembleia Constituinte. Entre os sancionados, estão o ex-vice-presidente da República, Elias Jaua, e a presidenta do Conselho Eleitoral, Tibisay Lucena. Em resposta ao que qualificou como uma agressão imperialista, Maduro condecorou os funcionários com a espada do Libertador, um dos mais altos reconhecimentos oferecidos pelo governo da Venezuela.

Na Organização dos Estados Americanos (OEA), fracassou mais uma vez a tentativa de aprovar uma resolução contra o governo venezuelano. A proposta, levada a plenário pelos governos do México e dos Estados Unidos, teve o apoio de 13 dos 35 países que fazem parte da organização.

No próximo domingo, mais de 19 milhões de eleitores deverão escolher os 545 representantes constituintes que, a partir do dia 3 de agosto, terão a tarefa de redigir uma nova constituição para o país. A formação de uma Assembleia Constituinte foi proposta pelo presidente Nicolás Maduro como mediação para pôr fim à crise política no país.

O novo texto constitucional deverá ser referendado em eleição que ainda não tem data definida, pois não há prazo para o funcionamento da Assembleia Nacional Constituinte.
 

https://www.brasildefato.com.br//2017/07/27/venezuela-se-prepara-para-eleicao-de-deputados-constituintes-neste-domingo-30/

Deixe um comentário