Coparena 2017 terá a participação de mais de 10 mil atletas

Compartilhe
Compartilhe
Share On Google Plus
Compartilhe
Contate-nos

Coparena 2017 terá a participação de mais de 10 mil atletas

O congresso técnico aconteceu no sábado (2)

O congresso técnico aconteceu no sábado (2)

Os 504 times da edição 2017 da Coparena Fortaleza da Juventude, competição realizada pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude e Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel), com promoção do Sistema Jangadeiro, foram conhecidos no último sábado (2), depois de um sorteio realizado no congresso técnico, no Cuca Mondubim. No total, 10.584 atletas vão disputar o campeonato.

O evento contou com a presença de representantes das 984 agremiações que solicitaram uma inscrição no certame. Os campeões do ano passado, por exemplo, já tinham vagas asseguradas: Ceará Mirim (Masculino), Faculdade Ateneu (Feminino) e Escolinha do Zorró (Sub-17 Masculino).

A abertura oficial da maior competição esportiva do estado será no dia 16 de setembro. O primeiro duelo ocorrerá pela categoria Masculino, no dia seguinte (17), às 14h30, na Areninha Pirambu, um dos 22 equipamentos esportivos utilizados pela organização do campeonato.

“A Coparena Fortaleza da Juventude é um sucesso. No ano passado, na primeira edição, teve a participação da cidade inteira. Tínhamos sete areninhas. E para esse ano, a expectativa é a melhor. Começamos muito bem, com a credibilidade da competição, do evento, e uma grande participação”, comentou Júlio Brizzi, secretário de Juventude de Fortaleza.

Um dos times participantes é o Ouro Verde, oriundo de um projeto social do bairro Antônio Bezerra. Comandado pelo gestor de eventos Erivaldo Sampaio, o grupo de futebol feminino participará novamente da Coparena.

“A competição, apesar de estar acontecendo apenas pelo segundo ano, já demonstra que veio para abraçar Fortaleza. Na dimensão, na qualidade, na visibilidade e na inclusão”, relatou o técnico/presidente.

A Coparena Fortaleza da Juventude promove o intercâmbio sócio-esportivo entre os bairros da cidade através do futebol. Além dos benefícios do esporte, o projeto fomenta a descoberta de novos talentos e reforça valores importantes na construção do cidadão.alta.

Tribuna do Ceará

Deixe um comentário