Estação Ecológica Águas Emendadas recebe blitz educativa no sábado (16)

Compartilhe
Compartilhe
Share On Google Plus
Compartilhe
Contate-nos

Estação Ecológica Águas Emendadas recebe blitz educativa no sábado (16)

Quem passar pela BR-020 neste sábado (16) terá oportunidade de participar da última blitz educativa contra incêndios florestais em 2017. A quarta edição da ação promovida pela Secretaria do Meio Ambiente ocorrerá na altura do quilômetro 21, das 8 horas ao meio-dia, e contará com a participação de estudantes da rede pública.

Trinta alunos de 14 a 16 anos do Centro Educacional Pompílio Marques de Souza, em Mestre D’Armas, orientarão os moradores da região sobre a importância de controlar a incidência das queimadas no período de estiagem.

Acompanhados por professores, os adolescentes abordarão motoristas e distribuirão mil unidades de material educativo. Eles foram capacitados por agentes do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e fizeram visita técnica à Estação Ecológica Águas Emendadas (Esecae), região onde ocorre a ação.

Denúncias podem ser pelo telefone (61) 3214-5602

Entre as principais recomendações da conscientização está a de não colocar fogo em lixo ou em podas de árvore, como forma de evitar incêndios criminosos.

“O foco é preservamos esse bioma, que é uma reserva da biosfera do Cerrado onde há muita incidência de incêndios”, destaca a coordenadora do Meio Ambiente para o Plano de Preservação e Combate aos Incêndios Florestais do DF, Carolina Schubart. Além da Esecae, Planaltina conta com nove unidades de conservação.

A ação é promovida pela Secretaria do Meio Ambiente, em parceria com a Corpo de Bombeiros Militar do DF, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), a Polícia Militar, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), a Polícia Rodoviária Federal, a Marinha e a Aeronáutica.

Blitz conscientizou 4 mil pessoas no DF

Moradores do Park Way, do Jardim Botânico e de Brazlândia já receberam a orientação educativa prevista na Operação Verde Vivo. A mobilização atingiu cerca de 4 mil pessoas.

Moradores do Park Way, do Jardim Botânico e de Brazlândia já receberam a orientação prevista na Operação Verde Vivo

De acordo com Carolina, os locais foram escolhidos porque são considerados estratégicos, o que os tornam prioritários no combate aos incêndios florestais. “Sempre pensamos em unidades de conservação que tenham uma área de vegetação grande para preservarmos”, argumenta.

Com o fim das blitze em 2017, a coordenação do Plano de Ação de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do DF fará uma oficina de avaliação e balanço das ações do ano. “Em 2018, queremos antecipar as ações educativas para março, assim mobilizamos mais pessoas antes do período crítico”, adianta a servidora.

Criado em 1996, o Plano de Ação de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do DF foi reformulado pelo Decreto nº 37.549, de 15 de agosto de 2016, que criou ainda o Sistema Distrital de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais.

O documento é voltado para a promoção, a prevenção, o apoio e a coordenação de atividades educativas, informativas, de saúde e de combate às queimadas. Entre os objetivos, estão: proteger unidades de conservação no DF e áreas de proteção de mananciais, prevenir incidentes e fiscalizar queimadas.

Blitz Educativa de Prevenção a Incêndios Florestais

16 de agosto (sábado)

Das 8 às 12 horas

Na BR-020, em frente ao Posto Itiquira, na altura do quilômetro 21, em Planaltina

Disque denúncia: (61) 3214-5602

Edição: Paula Oliveira

 

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2017/09/13/estacao-ecologica-aguas-emendadas-recebe-blitz-educativa-no-sabado-16/Gabriela Moll, da Agência Brasília

Deixe um comentário