Livro de direitos humanos retrata retrocessos pós-golpe; lançamento é nesta terça (5)

Livro de direitos humanos retrata retrocessos pós-golpe; lançamento é nesta terça (5)

Livro

Publicação revela acentuação das desigualdades sociais com Temer

Juliana Gonçalves |
Escola, saúde e trabalho são alguns dos temas que apresentam retrocessos
Divulgação

A Rede Social de Justiça e Direitos Humanos lança, na próxima terça-feira (5), a 18ª edição do Livro Direitos Humanos no Brasil. A publicação conta com uma série de artigos sobre direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais.

A jornalista Daniela Stephano é uma das organizadoras. Ela que alerta que, neste ano, a publicação traz um registro dos resultados do golpe sofrido no Brasil após a saída de Dilma Rousseff da Presidência do país. “O que a maioria dos artigos trata é um descaso total do governo golpista de Michel Temer com a situação dos direitos humanos”, disse.

A documentação é realizada desde os anos 2000. Participam dela diversos autores que têm amplo trabalho de ativismo nos temas de saúde, trabalho, acesso à terra, imigração.  Além disso, de acordo com Stephano, é um trabalho constante garantir o protagonismo de algumas falas na publicação.

Ela cita como exemplo o artigo que aborda a importância do estado laico, de autoria da Neon Cunha, mulher trans negra; e outro sobre ensino superior, assinado pelo coletivo Levante Indígena.

Outro autor é Guilherme Delgado. Seu artigo intitulado de “Terra, trabalho e dinheiro: qual é o sentido da des(regulação) ora em curso” abre a publicação. Pesquisador e membro da Associação Brasileira de Reforma Agrária, Delgado avaliou mudanças na legislação no governo Temer.  

“O processo de desconstrução dos direitos sociais ligados à terra e ao trabalho. Tudo isso a serviço da acumulação do capital financeiro”, pontuou. Delgado acredita também que o relatório é importante instrumento de denúncia da violação dos direitos humanos que vem ocorrendo no Brasil. 

O lançamento da publicação ocorre no SESC Bom Retiro, no centro da cidade de São Paulo (SP), e conta com a apresentação cultural do bloco afro Ilú Obá De Min.

Serviço

“Direitos Humanos no Brasil 2017” – 18ª Edição

Dia 05 de dezembro de 2017 (Terça-feira) – 18h

Local: SESC Bom Retiro

Endereço: Alameda Nothmann, 185- Bom Retiro – São Paulo-SP

1 de dezembro de 20177:03 PM

{time}

Powered by WPeMatico

Deixe um comentário