Temer e Meirelles defendem reforma da Previdência em São Paulo

Temer e Meirelles defendem reforma da Previdência em São Paulo

O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles defenderam a necessidade da aprovação da reforma da Previdência durante o Prêmio Brasileiros do Ano 2017, da Revista Istoé. Meirelles recebeu das mãos do presidente o prêmio na categoria Economia. O maior prêmio da noite, de Brasileiro do Ano, foi entregue ao juiz federal Sérgio Moro.

Temer disse que, em seu governo, a inflação e os juros caíram e algumas reformas foram aprovadas, mas destacou a importância da reforma da Previdência, no momento em que não teria os votos necessários para sua aprovação. “A reforma da Previdência, na verdade, visa precisamente a combater os privilégios. Porque, na verdade, o que a reforma da Previdência faz é proteger os pobres que, na verdade, pagam pelos que ganham muito no serviço público. A ideia da igualdade é a força motriz da reforma da Previdência”, defendeu o presidente.

Em seu discurso, Meirelles mostrou-se otimista em relação à economia do país e disse que o Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 3% no próximo ano. “Nós tivemos uma recessão ao redor de 8% de contração de produto. Enquanto, no momento, a confiança na economia cresce em todos os setores. O PIB, que em maio do ano passado, em 12 meses, tinha caído 5,2%, deve crescer no próximo ano cerca de 3%. O investimento reflete a confiança dos consumidores, do mercado, que voltou a crescer depois de 15 trimestres seguidos de queda”, avaliou.

Apesar de divulgar números positivos para demonstrar sua avaliação sobre o avanço na economia, o ministro disse que os desafios ainda são grandes. “Ainda há muito a fazer para consolidar as conquistas alcançadas e continuar avançando e gerando recursos para maior investimento em educação, saúde e infraestrutura. É fundamental realizar as reformas que vão aumentar a produtividade da economia e o ambiente para produzir. Sem isso, o Brasil não vai conseguir dar o salto produtivo que é necessário para alcançar os patamares de desenvolvimento necessários que são a aspiração e o desejo e o direito de todos os brasileiros”, disse.

O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles defenderam a necessidade da aprovação da reforma da Previdência durante o Prêmio Brasileiros do Ano 2017, da Revista Istoé. Meirelles recebeu das mãos do presidente o prêmio na categoria Economia. O maior prêmio da noite, de Brasileiro do Ano, foi entregue ao juiz federal Sérgio Moro.

Temer disse que, em seu governo, a inflação e os juros caíram e algumas reformas foram aprovadas, mas destacou a importância da reforma da Previdência, no momento em que não teria os votos necessários para sua aprovação. “A reforma da Previdência, na verdade, visa precisamente a combater os privilégios. Porque, na verdade, o que a reforma da Previdência faz é proteger os pobres que, na verdade, pagam pelos que ganham muito no serviço público. A ideia da igualdade é a força motriz da reforma da Previdência”, defendeu o presidente.

Em seu discurso, Meirelles mostrou-se otimista em relação à economia do país e disse que o Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 3% no próximo ano. “Nós tivemos uma recessão ao redor de 8% de contração de produto. Enquanto, no momento, a confiança na economia cresce em todos os setores. O PIB, que em maio do ano passado, em 12 meses, tinha caído 5,2%, deve crescer no próximo ano cerca de 3%. O investimento reflete a confiança dos consumidores, do mercado, que voltou a crescer depois de 15 trimestres seguidos de queda”, avaliou.

Apesar de divulgar números positivos para demonstrar sua avaliação sobre o avanço na economia, o ministro disse que os desafios ainda são grandes. “Ainda há muito a fazer para consolidar as conquistas alcançadas e continuar avançando e gerando recursos para maior investimento em educação, saúde e infraestrutura. É fundamental realizar as reformas que vão aumentar a produtividade da economia e o ambiente para produzir. Sem isso, o Brasil não vai conseguir dar o salto produtivo que é necessário para alcançar os patamares de desenvolvimento necessários que são a aspiração e o desejo e o direito de todos os brasileiros”, disse.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2017-12/temer-e-meirelles-defendem-reforma-da-previdencia-em-sao-pauloVIA EBC ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe um comentário