Temer diz que aprovar reforma da Previdência em 2017 é “fundamental para o país”

Temer diz que aprovar reforma da Previdência em 2017 é “fundamental para o país”

O presidente Michel Temer voltou a mencionar, na tarde de hoje (12), a necessidade de se aprovar logo a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, que tem votação prevista para a a semana que vem.  Temer disse que é “fundamental para o país” votar a matéria ainda em 2017 e lembrou que os candidatos eleitos em 2018 terão que lidar com essa questão no futuro.

“Não vamos ter a ilusão de que candidato à Presidência, governador e deputado federal não sejam questionados durante a campanha. Vamos dizer que não se consiga nada e isto vá para 2019. Candidatos vão ter que dizer a posição deles em relação à Previdência Social. Se é assim, é melhor resolver isso logo”, disse Temer em discurso durante evento no Palácio do Planalto.

Mais cedo, em evento no Palácio do Itamaraty, Temer admitiu a possibilidade de a questão ser apreciada no plenário da Câmara apenas no ano que vem. “Se tiver os 308 votos, vai a voto agora, caso contrário, se espera em torno de fevereiro e marca-se data em fevereiro”, havia dito o presidente.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que modifica as regras do sistema previdenciário, precisa do apoio de pelo menos 308 votos, em dois turnos, para ser aprovada. O presidente e seus aliados na Câmara trabalham diariamente para convencer deputados da base a votarem a favor da reforma. No fim da tarde de hoje, o presidente se reúne com mais de 150 empresários para discutir o assunto.

 

O presidente Michel Temer voltou a mencionar, na tarde de hoje (12), a necessidade de se aprovar logo a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, que tem votação prevista para a a semana que vem.  Temer disse que é “fundamental para o país” votar a matéria ainda em 2017 e lembrou que os candidatos eleitos em 2018 terão que lidar com essa questão no futuro.

“Não vamos ter a ilusão de que candidato à Presidência, governador e deputado federal não sejam questionados durante a campanha. Vamos dizer que não se consiga nada e isto vá para 2019. Candidatos vão ter que dizer a posição deles em relação à Previdência Social. Se é assim, é melhor resolver isso logo”, disse Temer em discurso durante evento no Palácio do Planalto.

Mais cedo, em evento no Palácio do Itamaraty, Temer admitiu a possibilidade de a questão ser apreciada no plenário da Câmara apenas no ano que vem. “Se tiver os 308 votos, vai a voto agora, caso contrário, se espera em torno de fevereiro e marca-se data em fevereiro”, havia dito o presidente.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que modifica as regras do sistema previdenciário, precisa do apoio de pelo menos 308 votos, em dois turnos, para ser aprovada. O presidente e seus aliados na Câmara trabalham diariamente para convencer deputados da base a votarem a favor da reforma. No fim da tarde de hoje, o presidente se reúne com mais de 150 empresários para discutir o assunto.

 

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2017-12/temer-diz-que-aprovar-reforma-da-previdencia-em-2017-e-fundamental-para-oVIA EBC ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário