OLP não negociará paz se EUA não anularem decisão sobre Jerusalém

Deixe um comentário