Zimbábue terá eleições em ‘quatro ou cinco meses’, anuncia presidente do país

Zimbábue terá eleições em ‘quatro ou cinco meses’, anuncia presidente do país

Estado

Emmerson Mnangagwa afirmou que eleições serão ‘livres e justas’; presidente assumiu após renúncia de Robert Mugabe

Redação |
Emmerson Mnangagwa afirmou que eleições serão ‘livres e justas.
UN Geneva/Flickr CC

O presidente do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, anunciou nesta quinta-feira (18/01) que irá convocar eleições para daqui “quatro ou cinco meses”.

“Nós garantiremos que o Zimbábue entregue eleições livres, credíveis, justas e incontestáveis para assegurar que o Zimbábue envolva o mundo como um estado democrático”, afirmou o presidente.

Manangagwa, durante décadas foi o braço direito do ex-presidente Robert Mugabe, que ficou no poder durante mais de 30 anos.

De acordo com a constituição do país, o Zimbábue deve realizar eleições entre 22 de julho e 22 de agosto, mas o Parlamento pode se dissolver para antecipar as eleições. O partido do atual presidente possui dois terços do Parlamento, tornando possível a antecipação.

Renúncia de Mugabe

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, renunciou em novembro do ano passado. O agora ex-presidente vinha recusando pedidos de renúncia após a crise política causada pela intervenção militar, onde ele e sua família – incluindo sua esposa Grace Mugabe, então cotada para substituí-lo – foram mantidos em custódia.

A intensificação do movimento que pedia a renúncia ocorreu após o provável sucessor de Mugabe, Emmerson Mnangagwa, quebrar o silêncio e pedir que Mugabe “aceitasse a vontade das pessoas” e renunciasse.

Mnangagwa, que se manteve afastado do país durante os últimos meses de Mugabe no poder, havia afirmado que voltaria ao país “assim que prevalecerem as condições corretas de segurança e estabilidade”. Mnangagwa voltou ao Zimbábue após a renúncia de Mugabe, assumindo a presidência do país.

19 de Janeiro de 201811:30

Via Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *