Polícia descarta que homem tenha dado cocaína e álcool a criança de 6 anos

Polícia descarta que homem tenha dado cocaína e álcool a criança de 6 anos

Delegacia Pedra Branca

Delegacia de Pedra Branca segue investigando o caso (FOTO: Google Street View)

A polícia descarta a possibilidade de homem ter dado bebida alcoólica e drogas para a criança de seis anos, segundo o conselheiro tutelar do município, Pedro Guilherme.

A menina está internada no Hospital Waldemar de Alcântara e seu quadro clínico é estável, mas não sofre risco de morte. As informações são da Jangadeiro FM.

“Há duas testemunhas oculares que afirmam que não foi ele (suspeito) quem deu. Teve um relato um litro de cachaça que estava acessível em um bar e, por brincadeira, ela tomou”, declarou Pedro Guilherme. A criança está internada no hospital acompanhada pela mãe e irmã.

O conselheiro Pedro Guilherme ainda acrescenta que a mãe da menina já tem histórico de acompanhamento pelo órgão por maus tratos contra os filhos, por ingerir bebidas alcoólicas na frente de crianças. A proprietária do estabelecimento também vai ser investigada pela Polícia Civil por conta da possibilidade de haver drogas no local.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) alega que a suspeita é de que a criança tenha tido uma overdose de cocaína. A pasta acrescentou que a investigação do caso está sob responsabilidade da delegacia municipal de Pedra Branca.

De acordo com o delegado que está à frente do caso, Lucas Ximenes, o depoimento dos familiares é controverso e, por esse motivo, outras pessoas serão ouvidas. Os detalhes sobre as informações não foram divulgadas para não atrapalhar a investigação. O inquérito policial do crime vai ser enviado à justiça.

O caso 

Uma menina de seis anos foi encaminhada desacordada para o Hospital Waldermar de Alcântara com suspeita de coma alcoólico e de consumo de drogas. A vítima mora no município de Pedra Branca, mas foi atendida na cidade de Quixadá.

O delegado responsável pelo caso, Lucas Ximenes, informou que a garota havia dado entrada no hospital municipal São Sebastião. Ao ter conhecimento do caso, uma equipe da polícia foi ao local e ouviu o médico, que informou sobre o estado grave de saúde da criança.

“Nós fomos ao local do fato, possivelmente, e lá, junto do Conselho Tutelar e da Guarda Municipal, nós conduzimos o suspeito para a delegacia. É um mendigo, um andarilho que vive bêbado pela cidade. Inclusive, ele estava bêbado no momento da abordagem. Nós continuamos as investigações, e as testemunhas oculares foram enfáticas ao afirmar que o suspeito não tinha ministrado nem droga nem álcool para a menor”, explicou o delegado.

Ainda conforme com o titular, a criança estava desacordada em estado grave quando saiu do município. O responsável pelo crime pode sofrer pena de 2 a 4 de prisão mais multa.

Confira a reportagem da Jangadeiro FM:


http://jgdprod-us.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/sites/2/2018/02/240218-materia-menina-pedra-branca-coma-alcoolico-1.mp3     

Jangadeiro FM23 23America/Sao_Paulo Fevereiro 23America/Sao_Paulo 201819:17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *