Novas vítimas reconhecem a golpista que pede celular emprestado e não devolve

Novas vítimas reconhecem a golpista que pede celular emprestado e não devolve

mulher, celular

Mulher rouba celular após pedir aparelho emprestado. Golpe vem sendo aplicado em cursos e igrejas de Fortaleza (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Mais vítimas da mulher que aplica golpes para roubar aparelhos telefônicos surgiram. Além da aluna do curso para delegado de Polícia, uma senhora registrou Boletim de Ocorrência e aguarda investigação do 2º DP, na Aldeota, em Fortaleza, responsável pela investigação. Outras vítimas reconheceram a golpista.

Através de denúncia anônima, já há o nome completo dela, mas ainda não confirmado. A mulher fugiu em um Palio branco.

Uma segunda vítima, que não quis se identificar, veio de Maracanaú para um encontro de mulheres em uma igreja evangélica na Aldeota. Seguindo o mesmo padrão de ação, Luziana Lima Bezerra, nome ainda não confirmado pela polícia, pediu o telefone da vítima para realizar um telefonema. Antes, ela procura se ambientar ao local para não gerar desconfiança.

“Ela chegou e já foi interagindo com todo mundo. Achei que ela era da igreja também. Ela participou dos louvores, da leitura da palavra. Então, na hora em que a esposa do pastor foi fazer a leitura, ela pediu pra fazer a ligação. Disquei o número pra ela, e entreguei na mão, só que não memorizei. Ela ficou fingindo que estava fazendo a ligação, mas na verdade nem fez. Depois, devolveu o celular e ficou sentada ao meu lado. Depois de um tempo, ela pediu novamente. Disse ‘Tá muito barulho, não tô conseguindo escutar a ligação, vou ficar só um pouco em pé pra ouvir’. Não desconfiei, tava dentro da igreja. Aí, ela percebeu meu descuido e saiu pela porta da igreja e entrou num carro branco”, relatou a vítima.

No evento, uma moça fazia fotos. A golpista pediu para ver o aparelho e apagou as fotos em que aparecia. No entanto, no momento do lanche, a mulher teve a imagem gravada. A vítima postou a foto da mulher em redes sociais outras pessoas que sofreram o roubo também se manifestaram.

Um BO foi registrado no 2º DP da Polícia Civil, na Aldeota. Através de uma denúncia anônima, o nome Luziana Lima Bezerra foi passado como o da golpista, mas a informação ainda não foi confirmada. O delegado solicitou que outras vítimas fossem para dar mais detalhes.

Veja reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quinta-feira (12).

TV Jangadeiro12 de Abril de 201811:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *