“Estou arrependido”, diz motorista que causou acidente que matou 2 pessoas e feriu 13

“Estou arrependido”, diz motorista que causou acidente que matou 2 pessoas e feriu 13

motorista-caminhao

Fabrício Queiroz da Silva, de 35 anos, disse não lembrar do acidente. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Pela primeira vez, o motorista que deixou dois mortos e 13 feridos na Avenida Osório de Paiva, no bairro Siqueira, em Fortaleza, fala sobre o grave acidente. Fabrício Queiroz da Silva, de 35 anos, disse estar arrependido e não lembrar de nada.

Nesta quinta-feira (2), a equipe do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, registrou com exclusividade a ida do suspeito para a realização do exame de corpo de delito, no Instituto Médico Legal (IML).

Fabrício vinha em um caminhão, na noite de segunda-feira (30), quando atingiu 19 veículos, causando a morte de duas pessoas e deixando 13 feridos. Ele ainda assumiu em vídeo, gravado momentos depois do caso, que estava sob efeito de álcool enquanto conduzia o veículo em alta velocidade.

Preso no 27º DP desde quarta-feira (1), Fabrício foi levado nesta quinta para realizar exame de corpo de delito no IML. À reportagem do Barra Pesada, o suspeito preferiu não falar muito. “Eu não lembro (do acidente)”. Perguntado sobre o que diria às famílias das vítimas, o motorista foi curto: “Estou arrependido”.

Na mesma delegacia, várias vítimas foram chamadas a depor sobre o acidente, que foi registrado em vídeo. Uma delas, que preferiu não se identificar, voltava do trabalho com a esposa em uma moto. A mulher não resistiu.

“A gente acredita na justiça… Tem que ser feita. Temos que arcar com as consequências dos nossos atos. E que através disso ele possa vir a se arrepender, pagar pelo que fez. Que ele tenha noção de que ele afetou a vida de muitas famílias. Ele interrompeu trajetos, sonhos, de muitas pessoas”, disse.

O motorista do caminhão foi enquadrado na Lei Seca por ter apresentado sinais de embriaguez. De acordo com a legislação de trânsito, conduzir um veículo automotor sob influência de álcool trata-se de uma infração gravíssima, multiplicada por 10 vezes. A multa é no valor de R$ 2.934,70. Caso a concentração seja igual ou superior a 0,30 miligramas de álcool por litro por ar alveolar ou caso o condutor apresente sinais que indiquem alteração de capacidade psicomotora, o motorista é detido.

Confira a reportagem no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta sexta-feira (3).

TV Jangadeiro3 de agosto de 201811:46Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 19

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário