Polícia ainda não tem pistas sobre assassinato de jovem após furto de cone em Fortaleza

Polícia ainda não tem pistas sobre assassinato de jovem após furto de cone em Fortaleza

Lukas Gomes foi atingido ao entrar no carro de um amigo. (Foto: Reprodução/Facebook)

Lukas Gomes foi atingido ao entrar no carro de um amigo. (Foto: Reprodução/Facebook)

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda tem poucas informações sobre o assassinato de um jovem de 22 anos, morto com um tiro na cabeça após, supostamente, furtar um cone, em Fortaleza. O crime aconteceu na madrugada da sexta-feira (10), na Avenida 13 de Maio, no Bairro de Fátima.

Em nota, a SSPDS confirma a morte de Lukas Gomes, de 22 anos, por disparo de arma de fogo e afirma que o crime está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para identificar a autoria e a motivação do assassinato.

Um amigo de Lukas que o acompanhava na noite do crime conta que, juntamente com outra amiga, haviam ido a uma lanchonete na avenida, a pedido do rapaz. O estabelecimento estava fechado. Eles teriam, então, parado o carro em um restaurante do outro lado da avenida.

Quando o rapaz desceu, teria ido em direção à lanchonete e começado a fazer brincadeiras com um cone. Os amigos o chamaram para ir embora, mas ele insistiu em pegar o cone. Para pressionar Lukas a deixar o objeto e entrar no carro, o amigo começou a acelerar, indicando que sairia do local. No momento em que Lukas entrou no carro, o amigo ouviu os disparos.

“Senti um negócio batendo no meu braço. Quando olhei para trás, o vidro do carro estava todo estilhaçado. Saí com medo de ter mais tiro. Fiquei falando com ele (Lukas) e ele não falou nada. Olhei para trás e vi que ele estava de cabeça baixa”, conta o amigo.

Ao perceber que Lukas não respondia e estava sangrando, o rapaz afirma que levou o amigo imediatamente para o Instituto Dr. José Frota (IJF). O jovem foi levado para reanimação, mas não resistiu ao tiro na cabeça.

Depois de contatar a família do jovem, o amigo conta que levou o carro para ser periciado na Polícia e prestou depoimento. Na perícia, teria sido constatado que os tiros partiram de fora do carro.

Nas redes sociais, amigos e parentes de Lukas lamentam a morte. “Hoje é um dia terrivelmente triste, não apenas para mim, mas para toda nossa família e todos que o conhecem. Você partiu de repente, sem aviso, sem um último adeus, e agora ficamos todos sem saber o que fazer com tanta tristeza, com tantas lágrimas, com tanta saudade…Em situação como esta não há muito consolo”, escreveu uma prima do rapaz.

A SSPDS pede ajuda da população para elucidar o caso. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3257.4807 ou pelo whatsapp (85) 99111.7498 do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa. O sigilo é garantido.

Tribuna do Ceará12 de agosto de 201818:45Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 8

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário