Empresário que gravou vídeo atirando contra homem em Juazeiro do Norte é solto por habeas corpus

Empresário que gravou vídeo atirando contra homem em Juazeiro do Norte é solto por habeas corpus

Vídeo mostra o empresário Yury do Paredão com arma de fogo. (Foto: Reprodução)

Vídeo mostra o empresário Yury do Paredão com arma de fogo. (Foto: Reprodução)

O empresário Yury Bruno Alencar Araújo, de 30 anos, conhecido como “Yury do Paredão“, foi liberado na terça-feira (14) da Cadeia Pública de Juazeiro do Norte. Ele foi preso preventivamente no dia 6 de agosto, depois de aparecer em um vídeo efetuando disparos de arma de fogo contra um funcionário de sua fazenda. A matéria é de Roberta Almeida, da Jangadeiro FM.

O habeas corpus foi concedido ontem pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Na semana passada, o Tribunal de Justiça do Ceará já havia negado essa mesma solicitação.

De acordo com um dos advogados do acusado, Paolo Giorgio Quezado, Yury confessou ter efetuado os disparos contra o funcionário de sua fazenda, mas disse estar arrependido.

“Ele confessou que era ele no vídeo e confirmou que foi uma brincadeira da qual ele se arrepende bastante”, disse o advogado.

O empresário foi solto ontem e já está em casa, ao lado da família. Ele vai retomar normalmente as atividades nos próximos dias, gerenciando a carreira do cantor Jonas Esticado.

“A empresa Yury do Paredão continua trabalhando, a banda Jonas Esticado continua com a agenda normal, nenhum show foi cancelado. Ele vaio continuar suas atividades normalmente à frente da empresa”, afirmou Paolo Giorgio.

Inquérito

Para a promotora do Ministério Público Estadual, Juliana Mota, responsável por dar entrada no processo de prisão preventiva de Yury, o empresário deveria continuar preso.

“A prudência determinava a manutenção da prisão dele até a finalização do inquérito. Como o inquérito não foi finalizado, ele deveria permanecer preso. No entanto, respeito a decisão do STJ”, pontuou Juliana.

Yury do Paredão vai responder em liberdade por porte ilegal de arma e disparo. A Polícia Civil investiga a origem da arma, que tem registro do estado de Pernambuco. O advogado disse que Yury será penalizado por suas ações, mas não corre o risco de ser preso novamente.

O caso
Um vídeo que circulou nas redes sociais na última semana mostra um Yury atirando em direção ao chão para assustar uma pessoas. Nas imagens, é possível ouvir risos enquanto a vítima tenta se esquivar dos disparos.

No vídeo, é possível ouvir os colegas rindo da vítima. “Olha se ele tem cócegas agora, vagabundo”, diz um dos homens que presencia a situação. “Pegou, pegou!”, diz outra pessoa. A vítima dos disparos pede para que a “brincadeira” acabe. “Deixa de brincadeira”, diz o rapaz.

Yury Bruno, empresário do ramo musical que gerencia a banda Jonas Esticado, foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e disparos de arma de fogo, sendo encaminhado para a cadeia pública de Juazeiro do Norte.

Jangadeiro FM15 de agosto de 201810:00Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 10

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário