Policial faz desabafo no local onde três militares foram assassinados

Policial faz desabafo no local onde três militares foram assassinados

Crime aconteceu na Vila Manuel Sátiro (FOTO: Reprodução WhatsApp)

Crime aconteceu na Vila Manuel Sátiro (FOTO: Reprodução WhatsApp)

“Tenho 32 anos como policial de rua, posso abrir a boca e dizer: ‘o crime organizado está dominando o Brasil todo”. O desabafo é do tenente da Polícia Militar Mardônio Aguiar Costa, que esteve no local em que três policiais foram assassinados nesta quinta-feira (23), em Fortaleza.

O tenente pediu mudanças severas na Segurança Nacional. “Tem que ter uma mudança radical. Se não tiver, o Brasil vai continuar assim. Os bandidos liderando e comandando bairro, cidade, estado e o país. Isso não só aqui em Fortaleza, é no Brasil todo”, relata.

Ainda no local do crime, o policial finalizou com um apelo ao governo. “Eu peço pelo amor de Deus que o governador, o secretário de Segurança, o comandante geral e o delegado geral se reúnam e deem apoio aos seus policiais”.

Em 2016, o militar já havia concedido outra entrevista relatando que estava cansado de enterrar policiais. “Estou ficando esgotado de tanto vir ao cemitério enterrar ‘irmão de farda’. São 30 anos trabalhando na rua, no dia a dia, saindo de casa sem ter a certeza de que vou voltar”, declarou.

Entenda o caso

Três policiais foram assassinados na tarde desta quinta-feira (23), na Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza. Um dos militares estava de folga, os outros dois eram aposentados. O crime aconteceu em um bar, na Rua São Manuel.

Os criminosos chegaram ao local em um carro, efetuando vários disparos contra os militares. As vítimas foram identificadas como Tenente César, Subtenente Cavalcante e Sargento Augusto.

Tribuna do Ceará23 de agosto de 201817:15Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 4

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário