Quase 60 policiais foram assassinados nos últimos três anos no Ceará

Quase 60 policiais foram assassinados nos últimos três anos no Ceará

Maioria dos crimes acontece quando policiais estão de folga (FOTO: Reprodução WhatsApp)

Maioria dos crimes acontece quando policiais estão de folga (FOTO: Reprodução WhatsApp)

O Ceará possui números alarmantes de violência contra policiais. Somando os anos de 2016, 2017 e os oito meses de 2018 já são 59 agentes de segurança assassinados. A estatística aumentou na tarde desta quinta-feira (23), com a morte de três militares.

Em cenário nacional, o Ceará ocupou o terceiro lugar, em 2016, e o quarto, em 2017, ficando atrás de estados da região Sudeste e Norte do País. Em 2018, oito policiais já foram executados no Ceará.

Segundo os números divulgados neste mês de agosto pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a morte de policiais militares corresponde a 94% dos homicídios em 2016 e 2017. 

As vítimas desta quinta-feira foram identificadas como sargento José Augusto de Lima (58 anos), tenente Antonio Cezar Oliveira Gomes (50) e o subtenente Sanderley Cavalcante Sampaio (46), sendo, somente, o subtenente do serviço ativo. Os números mostram que em 2016 e 2017 quase 80% dos agentes foram assinados nos momentos de lazer, correspondendo a 40 mortes.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, de janeiro a julho de 2018, se comparado ao mesmo período de 2017, houve redução de 70,6% no número de policiais mortos.

Tribuna do Ceará24 de agosto de 201807:01Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 14

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário