“Companheirada ainda deve uma profunda autocrítica e um sincero pedido de desculpas”, reafirma Cid

“Companheirada ainda deve uma profunda autocrítica e um sincero pedido de desculpas”, reafirma Cid

Cid Gomes foi eleito senador para o mandato 2019-2022. (Foto: Divulgação)

Cid Gomes foi eleito senador para o mandato 2019-2022. (Foto: Divulgação)

Depois de ter dito que “é bem feito o PT perder a eleição” e chamar militantes de babacas em evento pró-Haddad em Fortaleza, o senador eleito Cid Gomes (PDT) publicou nota nas redes sociais em defesa do presidenciável Fernando Haddad (PT).

“Comparei os dois nomes que estão no 2° turno. O Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro”, afirmou em texto no Facebook, publicado por volta do meio-dia desta terça-feira (16).

Cid também disse “não querer se vingar de ninguém”, em referência às críticas de que o pedetista atacou o PT após o partido minar a candidatura do seu irmão Ciro Gomes (PDT) no 1° turno.

O ex-governador defendeu que “o povo brasileiro quer virar duas páginas do nosso passado recente”. Uma seria o PSDB e outra o PT. “E não vou aqui tripudiar sobre o (Geraldo) Alckmin”, pontuou.

Mesmo saindo em defesa de Haddad, Cid manteve a cobrança por uma autocrítica do PT e disse que a ânsia popular de negação pode colocar o país “numa aventura obscurantista”.

“Creio que a única forma de ajudar a evitar que essa ânsia popular de negação coloque o País numa aventura obscurantista seria uma profunda autocrítica da companheirada seguida de um encarecido e sincero pedido de desculpas. Na sequência uma palavra firme do Haddad de que governará suprapartidariamente. Será pedir demais? Muita ingenuidade?”, escreveu Cid.

Comparei os dois nomes que estão no 2o turno.O Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro.Eu não quero me vingar de…

Posted by Cid Gomes 123 on Tuesday, October 16, 2018

Polêmica

Na noite da segunda-feira (15), durante evento organizado pelo governador eleito Camilo Santana (PT) a favor da campanha de Haddad, Cid fez discurso cobrando “mea culpa” do PT e dizendo ser “bem feito o PT perder a eleição”. “Não admitir os erros que cometeram é para perder a eleição. Vão perder feio”, disse.

“Porque fizeram muita besteira, porque aparelharam as repartições públicas, porque acharam que eram donos de um país, e o Brasil não aceita ter dono”, afirmou o senador eleito.

Cid ainda chamou militantes do PT de “babacas” após eles começarem a gritar “Lula livre”. “Lula tá preso, babaca”, disparou Cid, sendo vaiado. O episódio ganhou repercussão nacional e se tornou o assunto mais comentado no Twitter com a hashtag #LulaTáPresoBabaca.

Acompanhe o caso:

16/10/2018 – Apoiadores de Bolsonaro criam blusa com declaração de Cid: “O Lula tá preso, babaca!”

16/10/2018 – Haddad foge de polêmica após ataques de Cid Gomes: “amizade com Cid é a mesma”

16/10/2018 – Guimarães já fala em rompimento do PT com os Ferreira Gomes após o 2º turno

16/10/2018 – #LulaTaPresoBabaca: Ataque de Cid a Lula vira a hashtag mais comentada do Brasil no Twitter

16/10/2018 – “É bem feito o PT perder a eleição”, diz Cid Gomes em evento pró-Haddad em Fortaleza

16/10/2018 – Cid mira no PT e acerta em Camilo Santana: “Só foi governador porque o PDT apoiou!”

Tribuna do Ceará16 de October de 201814:35Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 8

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário