Datafolha: Doria tem pequena vantagem em São Paulo, Zema dispara em Minas

Datafolha: Doria tem pequena vantagem em São Paulo, Zema dispara em Minas

PESQUISA

Tucano tem 53% dos válidos, ante 47% de Marcio França, do PSB. Doria tem vantagem no interior

Redação RBA |
Segundo turno das eleições será no dia 28, para presidente e governos estaduais e do Distrito Federal
Reprodução

Pesquisa do Datafolha divulgada no início da noite desta quinta-feira (18) mostra ligeira vantagem de João Doria (PSDB) sobre Marcio França(PSB) na disputa pelo governo de São Paulo em segundo turno: o ex-prefeito tem 53% dos votos válidos e o atual governador, 47%. Doria tem vantagem no interior e perde justamente na capital, cuja administração largou com 15 meses de gestão. 

Em Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) aparece com ampla vantagem. O mesmo acontece no Rio de Janeiro com Wilson Witzel (PSC) e no Distrito Federal, com Ibaneis (MDB).

Em São Paulo, considerados os votos votais, Doria está com 44% e França, com 40%, no limite da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Há ainda 9% de eleitores que pretendem votar em branco ou nulo e 7% de indecisos. 

De acordo com o levantamento, o tucano tem vantagem no interior, com 60%, ante 40% de França. Mas perde exatamente na capital, onde largou a prefeitura, pela mesma contagem. E fica atrás também na soma da capital com a região metropolitana: 44%, ante 56% do governador.

Segundo o Datafolha, foram ouvidas, ontem e hoje, 2.356 pessoas em 73 municípios. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo.

Minas Gerais

Em Minas, o empresário Zema tem 71% dos votos válidos, segundo o Datafolha, enquanto o senador Antonio Anastasia (PSDB) está com 29%. Considerado o total de votos, o candidato do novo aparece com 58% das intenções e o tucano, com 24%. Votos em branco e nulos somam 10%, e há 9% de indecisos.

O instituto informa ter ouvido 1.473 pessoas em 73 cidades, ontem e hoje. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa também foi contratada pela Folha e pela Globo.

Rio de Janeiro

No Rio, o ex-juiz Witzel aparece com 61% dos válidos, enquanto o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) tem 39%. Considerados todos os votos, o levantamento mostra 50% a 33%, com 11% de votos em branco ou nulos e 6% indecisos.

Segundo o levantamento, 70% dos eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) prefere Witzel, ante 18% para Paes. Entre os eleitores de Fernando Haddad (PT), a situação se inverte: 63% com o ex-prefeito e 21% com o ex-juiz.

Foram entrevistados 1.486 eleitores, com margem de erro de 3 pontos percentuais.

Distrito Federal

Na capital do país, Ibaneis aparece bem à frente, com 75% dos votos válidos, segundo o Datafolha. É o mesmo percentual divulgado ontem pelo Ibope. O atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), tem 25%. 

No total, o advogado figura com 65% e o governador, com 22%. Dos entrevistados, 8% afirmaram que vão votar em branco ou nulo, enquanto 5% não souberam responder. 

Foram ouvidos 1.512 eleitores.  

19 de October de 201809:58

Via Brasil de Fato

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hits: 13

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário