Boulos visita Lula e diz que Moro ministro reforça prisão política

Boulos visita Lula e diz que Moro ministro reforça prisão política

Por Cláudia Motta

Candidato do PSOL à Presidência da República e deputado Paulo Pimenta reafirmam firmeza de Lula para enfrentar período sombrio

“O presidente Lula está bem, está firme. E, como todos nós, preocupado com o destino do país, com os riscos aos diretos sociais, às liberdades democráticas. Mas estimulando as pessoas a seguir na luta, que não se intimidem, que não se deixem levar por esse momento sombrio.” O recado do candidato a presidente no primeiro turno das eleições presidenciais, Guilherme Boulos (Psol), veio após a visita o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quinta-feira (8), na sede da Polícia Federal, em Curitiba.

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo sem Medo estava acompanhado do deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS). E reafirmou a prisão política do ex-presidente: “Nós, os movimentos sociais, as forças populares desse país, vamos seguir lutando por direitos, por democracia”, afirmou. “E dentro da pauta democrática, seguramente, a continuidade da campanha pelo Lula livre, compreendendo que se trata de uma prisão política, arbitrária, conduzida sem nenhuma prova. O processo judicial viciado se confirmou agora e ficou mais ainda sob suspeição com a indicação do Sérgio Moro para ministro da Justiça do Bolsonaro.”

Boulos voltou a rebater a tentativa de desqualificação dos movimentos sociais como MTST e MST como organizações terroristas. “Isso é um descalabro próprio de pessoas autoritárias, de regimes autoritários”, disse. “Os movimentos sociais são responsáveis por muito do que nós conquistamos no nosso país em termos de democracia, em termos de direitos da população.”

O ativista relatou sua convivência diária com todas as pessoas que fazem parte das ações do MTST há mais de 16 anos. “Conheci senhoras de 70 anos de idade que trabalharam a vida toda sem nunca ter conseguido comprar uma casa própria e gastam mais da metade da sua aposentadoria para pagar aluguel. E que por isso vão para uma ocupação. E não ocupam a casa de ninguém, como o preconceito diz, com as fake news dizem, ocupam imóveis em situação ilegal, de abandono. Assim como o MST faz no campo: ocupa latifúndios improdutivos que se a Constituição fosse cumprida já deveriam ter sido dedicados à reforma agrária. Essas pessoas são terroristas?”, questionou.

Pimenta afirmou que a visita ao presidente Lula é sempre “inspiradora”. “Ele está aqui já sete meses e as palavras que ele tem para nós são sempre de incentivo para que as pessoas se mantenham firmes, determinadas, não se sintam acuadas diante desse momento difícil que o pais está vivendo.”

Pimenta considerou Lula firme, determinado e muito bem psicológica e fisicamente. De acordo com o deputado, Lula agradeceu os movimentos sociais e os partidos do campo democrático, que ao longo desses sete meses têm mantido esse movimento em defesa de sua liberdade e reconhecimento da injustiça que está sendo cometida contra ele.

“Ele agradeceu em especial os companheiros da vigília. Ele acompanha as coisas, sabe da mobilização e isso mantém ele forte, motivado. Nós todos somos muito gratos aos que estão em Curitiba e em todo Brasil diariamente renovam esse sentimento, essa confiança, e depositam no presidente Lula uma grande esperança de que ele possa rapidamente estar em liberdade”, disse o deputado.

A esperança equilibrista

A estudante Sofia Câmara representou a esperança na Vigília Lula Livre na tarde desta quinta-feira. A menina de 8 anos foi a responsável pelo tradicional grito de “boa tarde, presidente Lula”. E cantou à capela O Bêbado e a Equilibrista, de João Bosco e Aldir Blanc, pelo megafone utilizado para que Lula ouça as manifestações do povo que segue em sua defesa há 216 dias.

Em março, pouco dias depois o seu aniversário, no dia 19 daquela mês, Sofia ganhou o presente que mais queria: conhecer o ex-presidente durante a passagem da caravana de Lula pelo Sul.

Acompanhada dos pais, Carolina e Alexandre, relatou ser a única em sua escola, em Chapecó (SC), a defender o petista. E leu uma carta para ele: “Estou aprendendo cada dia mais sobre a política e me torno cada dia mais sua fã”. Na assinatura, #LulaEuConfio e #NãoSouPrincesaSouRevolucionária.

A garota é fã de Frida Kahlo, Malala, Dilma, Elis, Clarice Lispector. E, segundo seus pais, enfrenta problemas na escola, por tudo isso. “Mas acreditamos que estamos no caminho certo. Fico feliz em poder ajudar a plantar uma semente para as mulheres. Temos poderes maiores do que imaginamos.”

Fonte: Rede Brasil Atual

https://www.redebrasilatual.com.br/politica/2018/11/boulos-visita-lula-e-diz-que-moro-ministro-reforca-prisao-politica

The post Boulos visita Lula e diz que Moro ministro reforça prisão política appeared first on Revista ConsciênciaNet: acesse a sua..

redação8 de November de 201821:30Publicado primeiro em consciencia.net

Hits: 25

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário