Funcionária do Fortaleza há 46 anos percorre gramado de joelhos em agradecimento ao acesso

Compartilhe
Compartilhe
Share On Google Plus
Compartilhe
Contate-nos

Funcionária do Fortaleza há 46 anos percorre gramado de joelhos em agradecimento ao acesso

Toinha fez percurso de uma trave a outra, de joelhos (FOTOS: Esporte Interativo/Reprodução)

Toinha fez percurso de uma trave a outra, de joelhos (FOTOS: Esporte Interativo/Reprodução)

Em meio aos gritos da torcida em comemoração ao acesso do Fortaleza à Série B, uma senhora percorria de joelhos o gramado do estádio Radialista Mário Helênio, junto ao mascote do time.

Na noite de sábado (23), Antônia Porfírio Lima, mais conhecida como Toinha, agradecia a seu modo a conquista do time tricolor.

A gente estava cansado de estar nessa Série C, muito sofrimento. Eu, que vivia dia a dia com eles, procurava saber o motivo, porque eles trabalham bastante”, revelou emocionada em entrevista ao Esporte Interativo

Toinha é funcionária do Leão há 46 anos e faz “um pouco de tudo” no time, tratando os jogadores como verdadeiros filhos. Ela viajou de Fortaleza a Juiz de Fora, em Minas Gerais, de ônibus com um único objetivo: ver o clube do coração subir após sofridos oito anos na Série C. “Eu vim de ônibus, se tivesse que ser uma semana de ônibus, eu viria também, não cansaria não”.

O Fortaleza perdeu a partida contra Tupi, por 1 a 0, mas garantiu vaga na Segundona. “Deus botou a gente muito longe. Ele deu três degraus pra gente. A gente subiu dois, faltava só 1, não podíamos voltar“, concluiu, chorando de alegria.

Agora, o Fortaleza enfrenta o Sampaio Corrêa pelas semifinais da Série C.

Roberta Tavares

Deixe um comentário