MUNDO

Venezuela: o país que formou uma legião de leitores

Jovem escritor fala sobre o novo momento da literatura venezuelana, que vem ganhando destaque dentro e fora do país Fania Rodrigues Brasil de Fato | Caracas (Venezuela) 17 de Novembro de 2017 às 17:53 “A Venezuela tem muito mais que petróleo, miss universo e revolução”, afirma o jovem escritor franco-venezuelano Miguel Bonnefoy, de 31 anos, que vem ganhando destaque e prêmios no concorrido mercado literário da França. Em seus livros, ele retrata uma Venezuela rica em tradições, folclore, religiosidade, criatividade artística e em belezas naturais. Filho de mãe diplomata venezuelana e…

LEIA MAS