GERAL

Por que resolvi morar no exterior

Por que resolvi morar no exterior Desde que escolhi Portugal (ou o mundo) como lar, sempre tive o desejo de escrever sobre por que, de fato, resolvi abandonar tudo e partir para a aventura tão louca (e deliciosa) que é morar no exterior. Para começar, vale esclarecer que eu não tenho nenhum laço por aqui. Não tenho família, não tenho passaporte português, europeu ou nada do gênero. E também não vim acompanhada. Foi mesmo assim, na cara (de pau) e na coragem: eu e eu mesma, sem ter a menor…

LEIA MAS