Venezuela | Líderes mundiais participam da posse de Maduro

Venezuela | Líderes mundiais participam da posse de Maduro

AMÉRICA LATINA

Presidentes de Cuba, Bolívia, Nicarágua e El Salvador já estão em Caracas para acompanhar a cerimônia de posse

Redação |
Presidentes de El Salvador, Bolívia e Cuba já estão em Caracas
Reprodução/Twitter

Líderes e representantes de diversos países do mundo chegaram à Venezuela para acompanhar a posse do presidente venezuelano Nicolás Maduro nesta quinta-feira (10).

O mandatário da Bolívia, Evo Morales, viajou a Caracas nesta quarta-feira (9) acompanhado de seu chanceler, Diego Pary.

Em sua conta no Twitter, o presidente boliviano lembrou da posse de Hugo Chávez, que em 2007 iniciava seu terceiro mandato à frente do governo da Venezuela.

“Estou seguro que a melhor homenagem a Hugo Chávez é a unidade do povo venezuelano, que nunca deve abandonar a mensagem e o legado de sua luta e experiência”, escreveu Morales.

Por sua vez, o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, pousou em Caracas na noite desta quarta-feira e acompanhará a cerimônia acompanhado do chanceler cubano, Bruno Rodríguez.

“Cuba defende e respalda a soberania venezuelana e a integração bolivariana”, afirmou o mandatário cubano em sua conta no Twitter.

Daniel Ortega, presidente da Nicarágua, também já está na capital venezuelana para a cerimônia de posse de Maduro. 

Ao chegar, Ortega afirmou se sentir honrado por estar na pátria livre de Simón Bolívar, de Hugo Chávez e de um povo heroico que luta uma batalha pela paz e justiça na região.

Outro mandatário a assistir a posse de Maduro é Sáncez Cerén, presidente de El Salvador.

Em comunicado oficial, Sánchez Cerén afirmou que “a solidariedade do povo e do governo da Venezuela teve um momento valoroso com a rápida ajuda a El Salvador diante dos devastadores terremotos que golpearam nosso país no ano de 2001”.

A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, já confirmou que estará presente no ato de posse em Caracas,

Em nota, Hoffmann justificou sua presença dixendo que quer mostrar que a posição agressiva do presidente, Jair Bolsonaro, enfrenta oposição no Brasil e “para deixar claro que não concordamos com a política intervencionista e golpista incentivada pelos Estados Unidos, com a adesão do atual governo brasileiro e outros governos reacionários”.

O ministro da Agricultura da China, Han Changfu e o chanceler do Uruguai, Rdolfo Nin Novoa, representarão seus respectivos governos na cerimônia.

Por sua vez, o governo do presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, enviou o diplomata Juan Manuel Nungaray para representar o México.

Ainda estarão presentes o ministro da Defesa do Irã, o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Fuat Oktay, o premiê de São Vicente e Granadinas, o vice-presidente do Suriname e o chanceler de Antígua e Barbuda.

Maduro foi reeleito em maio de 2018 com mais de 67% dos votos válidos e toma posse nesta quinta-feira do mandato 2019-2025.

10 de January de 201913:55

Via Brasil de Fato

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário