Caso André Fernandes será discutido em reunião do Conselho de Ética da AL na próxima semana

GERAL

Caso André Fernandes será discutido em reunião do Conselho de Ética da AL na próxima semana   

Na próxima terça-feira (20), o Conselho de Ética decidirá sobre o caso envolvendo os deputados André Fernandes e Nezinho Farias (FOTO: Divulgação)

Na próxima terça-feira (20), o Conselho de Ética decidirá sobre o caso envolvendo os deputados André Fernandes e Nezinho Farias (FOTO: Divulgação)

Daqui a uma semana, o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Ceará estará reunido para decidir sobre o caso envolvendo os deputados estaduais André Fernandes (PSL) e Nezinho Farias (PDT).

Em junho, André Fernandes acusou o pedetista de envolvimento com facções criminosas. A sessão está prevista para acontecer na próxima terça-feira (20).

Na ocasião, o conteúdo do relatório sobre as representações do PDT e PSDB contra a conduta do deputado André Fernandes deve ser apresentado pelo ouvidor, o deputado Romeu Aldigueri, aos demais membros.

O presidente do Conselho de Ética, deputado Antônio Granja, explicou que, depois da reunião, os membros do Conselho poderão discutir e votar o relatório final do ouvidor, seja para abrir processo disciplinar ou arquivamento do caso.

“Se o parecer do ouvidor for para abrir processo disciplinar e os deputados votarem a favor do parecer, será constituído um subconselho: presidente, relator e revisor. Aí será seguido todo um trâmite normativo”.

Antônio Granja também disse que, depois do relatório, o deputado André Fernandes terá direito à defesa.

Caso seja confirmada a possível quebra de decoro parlamentar, André pode ser punido. As punições previstas são: censura verbal ou escrita, suspensão temporária do exercício parlamentar e até cassação do mandato.

Sobre o caso

Em junho, André Fernandes protocolou denúncia no Ministério Público do Estado do Ceará, acusando o deputado Nezinho Farias de envolvimento com facções criminosas. No documento apresentado ao MPCE, André não cita suas fontes.

Inicialmente, no plenário, Fernandes afirmou ter recebido denúncias de envolvimento de alguns deputados com grupos criminosos, não citando nomes. A declaração do deputado causaram incômodo entre os outros parlamentares, que exigiram de Fernandes os nomes dos supostos envolvidos.

    Tribuna do Ceará  13 de August de 2019  17:16  

Publicado Primeiro em Tribuna do Ceará

Hits: 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *