Cercados pela PM, agricultores resistem ao despejo de 150 famílias em Limoeiro (CE)

BRASIL

Cercados pela PM, agricultores resistem ao despejo de 150 famílias em Limoeiro (CE)

Ataques no campo

Acampamento do MST foi cercado pela PM do Ceará e os policiais bloquearam a estrada para impedir a chegada de apoio

Redação |
A PM bloqueiou a estrada que dá acesso ao acampamento onde vivem mais de 150 famílias as agricultores
MST/ Rafael Crisóstomo

Na manhã desta quarta-feira (21), cerca de 150 famílias de agricultores do acampamento Zé Maria do Tomé, em Limoeiro, no Ceará, estão resistindo e negociando com a Polícia Militar para impedir o cumprimento de uma ordem judicial de despejo em uma área da União.

Os trabalhadores rurais sem terra, que ocupam a área há quatro anos, estão cercados pelos policiais, que montaram um bloqueio na estrada que dá acesso ao acampamento para impedir a chegada de ônibus com pessoas que querem dar apoio aos agricultores. No momento, os sem terra e a ouvidoria de Direitos Humanos do governo do Ceará estão negociando um acordo com os policiais. Organismos pastorais da igreja católica e estudantes também estão no local.

(Mais informações em breve)

21 de November de 201808:41

Via Brasil de Fato

Hits: 16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *