Coreia do Norte adverte EUA que sanções podem impedir desnuclearização

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coreia do Norte adverte EUA que sanções podem impedir desnuclearização

As autoridades da Coreia do Norte advertiram que as sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos ao país pode levar ao “bloqueio das negociações para a desnuclearização da Península Coreana”.

A informação foi divulgada pela mídia estatal no domingo e atribuída ao Instituto de Estudos Americanos, vinculado ao Ministério das Relações Exteriores.

Os Estados Unidos impuseram novas sanções a assessores diretos do governo da Coreia do Norte, como Kim Jong Un e Choe Ryong Hae, além de outros dois. Os quatro tiveram os ativos congelados nos Estados Unidos.

O comunicado informa sobre o risco de Pyongyang suspender as articulações para a desnuclearização. O texto apela ainda para flexibilização das medidas impostas pelos Estados Unidos.

Em junho, os presidentes norte-coreano, Kim Jong Un, e o norte-americano, Donald Trump, reuniram-se em Cingapura em busca de avançar as negociações. Porém, as autoridades dos Estados Unidos questionaram o tratamento dispensado aos direitos humanos na Coreia do Norte.

As autoridades da Coreia do Norte reagiram, informando que havia um tratamento hostil por parte dos Estados Unidos.

*Com informações da NHK, emissora pública de televisão do Japão

As autoridades da Coreia do Norte advertiram que as sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos ao país pode levar ao “bloqueio das negociações para a desnuclearização da Península Coreana”.

A informação foi divulgada pela mídia estatal no domingo e atribuída ao Instituto de Estudos Americanos, vinculado ao Ministério das Relações Exteriores.

Os Estados Unidos impuseram novas sanções a assessores diretos do governo da Coreia do Norte, como Kim Jong Un e Choe Ryong Hae, além de outros dois. Os quatro tiveram os ativos congelados nos Estados Unidos.

O comunicado informa sobre o risco de Pyongyang suspender as articulações para a desnuclearização. O texto apela ainda para flexibilização das medidas impostas pelos Estados Unidos.

Em junho, os presidentes norte-coreano, Kim Jong Un, e o norte-americano, Donald Trump, reuniram-se em Cingapura em busca de avançar as negociações. Porém, as autoridades dos Estados Unidos questionaram o tratamento dispensado aos direitos humanos na Coreia do Norte.

As autoridades da Coreia do Norte reagiram, informando que havia um tratamento hostil por parte dos Estados Unidos.

*Com informações da NHK, emissora pública de televisão do Japão

Agência Brasil*http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-12/coreia-do-norte-adverte-eua-que-sancoes-podem-impedir-desnuclearizacaoPublicado primeiro em EBC ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Hits: 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *