“Futebol não é coisa de mulher”, quantas vezes você já escutou essa frase?

BRASIL

“Futebol não é coisa de mulher”, quantas vezes você já escutou essa frase?

Copa do Mundo de Futebol Feminino

A Copa Feminina de Futebol mostrou a milhares de brasileiros que futebol é coisa de mulher sim

Francisco Barbosa |
A seleção brasileira participou de todas as edições da Copa do Mundo de Futebol Feminino
Divulgação / CBF

Por muitos anos, o futebol foi um esporte predominantemente praticado por homens, mas, aos poucos, essa realidade está mudando, e as mulheres estão conquistando espaço e ganhando notoriedade pelo mundo. Prova dessa trajetória é a realização da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que acontece de 07 de junho a 07 de julho, na França. O Mundial, que está em sua oitava edição, reúne vinte e quatro equipes, entre elas, algumas estão participando pela primeira vez da competição como a África do Sul, Jamaica, Escócia e Chile. Já a seleção brasileira participou de todas as edições.

Com uma participação marcante na primeira fase, a nossa seleção conseguiu se classificar para as oitavas de finais, mas foi eliminada pela seleção francesa por 2 x 1, com um gol na prorrogação. A garra da equipe brasileira levou diversas pessoas a se reunirem para assistir aos jogos, seja em bares, restaurantes ou mesmo em casa.

Alice Araújo é produtora cultural e mora em Fortaleza. Ela e suas amigas se organizaram para assistirem aos jogos da seleção juntas. Para ela, esse é um momento de fortalecimento das mulheres, seja atleta ou não. “Com a transmissão em canal aberto a seleção feminina teve maior alcance de público. Tiveram mais espaço na mídia e isso reflete também nos patrocínios. E o mais importante, na minha opinião, chegaram nas casas das manas que não têm acesso a canais fechados. É lindo e forte mulheres torcendo por mulheres! E as jogadoras da seleção são guerreiras, com histórias de vida fantásticas! A representatividade de termos a maior artilheira de copas do mundo no nosso time.”

A Copa do Mundo de Futebol Feminino 2019 já está marcada na história do esporte. Nessa edição, a camisa 10 da seleção brasileira, Marta, se tornou a maior artilheira de todas as Copas, entre homens e mulheres. Com 17 gols, a atleta superou o alemão Miroslav Klose, que fez 16. Outra marca foi quebrada por ela nesse Mundial, ela se tornou a primeira jogadora, entre homens e mulheres, a marcar gols em cinco edições diferentes de Copa do Mundo.

5 de July de 201909:00


Publicado Primeiro em Brasil de Fato

Hits: 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *