Mais de cem pessoas são detidas em manifestação dos “coletes amarelos” em Paris

BRASIL
Mais de cem pessoas são detidas em manifestação dos “coletes amarelos” em Paris

REPRESSÃO

Manifestantes foram às ruas neste sábado (20) pela 23ª vez, desde novembro de 2018, contra política do presidente Macron

Redação |
Milhares de manifestantes protestaram em Paris contra as políticas de Emmanuel Macron neste sábado (20); a polícia de Paris reprimiu o ato
Reprodução/Twitter

Mais de cem pessoas, entre manifestantes e jornalistas, foram detidas neste sábado (2) pela Polícia de Paris durante um protesto do movimento dos “coletes amarelos”, o 23º desde novembro de 2018, como rechaço às políticas e reformas econômicas do governo de Emmanuel Macron.

Após as prisões, a Prefeitura de Paris informou que as pessoas foram detidas “por portar objetos proibidos”. Os protestos na capital francesa foram dispersados pela polícia com bombas de gás lacrimogêneo.

::: Qual a origem, quem são e qual o futuro dos “coletes amarelos” franceses?:::

Os manifestantes se concentraram, nesta manhã, em frente ao Ministério da Economia para iniciar uma marcha até os arredores da catedral de Notre-Dame, atingida por um incêndio na última segunda-feira, 15 de abril.

“Sobre Notre-Dame, é bom que os milionários tenham conseguido arrecadar 1 bilhão de euros, mas para as 140 mil pessoas sem casa, o mundo está se lixando!”, escreveram os organizadores do protesto em Paris no evento organizado no Facebook.

No entanto, as autoridades proibiram a realização de manifestações nas imediações da catedral de Notre-Dame e na avenida Champs-Élysées, uma das principais da cidade. Um operativo de cerca de 60 mil policiais foi convocado em todo o país para “conter” as manifestações dos “coletes amarelos”.

20 de April de 201916:33


Publicado Primeiro em Brasil de Fato

Hits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *