Mulheres cineastas comentam a importância de mais mulheres na direção

BRASIL

Mulheres cineastas comentam a importância de mais mulheres na direção

cinema

Yasmin Thayná, Laís Bodanzky e Lô Potili participaram de um debate com estudantes de cinema e atores na última semana

Julia Dolce |
A cineasta Yasmin Thayná
Julia Dolce

Na última sexta-feira (23), a Casa do Baixo Augusta, no centro de São Paulo (SP) recebeu as cineastas Yasmin Thayná, Laís Bodanzky, Marina Person e Lô Potili para o debate Mulheres e Cinema. O evento teve o objetivo de discutir a participação das mulheres nos cargos de direção de cinema brasileiro.

De acordo com um Levantamento da Agência Nacional de Cinema (Ancine) realizado em 2016, apenas 19% dos filmes brasileiros foram dirigidos por mulheres. No mesmo ano, uma pesquisa realizada pela Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, mostrou que as mulheres representavam apenas 17% de todos os diretores, roteiristas, produtores, editores e cineastas nos 250 filmes estadunidenses de maior sucesso.

Nesse sentido, as cineastas brasileiras comentaram, em entrevista ao Brasil de Fato, a importância de um cinema feito por e para mulheres, tendo em vista a atual conjuntura política.

31 de Março de 201810:15

Via Brasil de Fato

Hits: 13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *