O relatório da Comissão da Verdade da USP aponta violações de direitos

BRASIL

O relatório da Comissão da Verdade da USP aponta violações de direitos

Direitos humanos

Funcionários e alunos foram afetados no período de 1964 a 1985

Redação |
O relatório possui 10 volumes e conta com análises e entrevistas de diversas universidades
Flickr

Janice Theodoro da Silva, historiadora, coordenadora da Comissão da Verdade da Universidade de São Paulo (USP), comenta as violações de direitos humanos que atingiram docentes, funcionários e alunos, do período de 1964 a 1985. Segundo a própria instituição, o destaque é do papel desempenhado pela Assessoria Especial de Segurança e Informação (Aesi), órgão criado durante a gestão do reitor Miguel Reale, que tinha como finalidade “realizar triagem ideológica de alunos, professores e funcionários”.

O relatório de 10 volumes traz análises de diversas faculdades, com entrevistas. A historiadora também comenta o caso da professora Ana Rosa Kucinski, que foi presa e demitida da universidade.

Ouça a entrevista de Marilu Cabañas.

20 de Abril de 201812:30

Via Brasil de Fato

Hits: 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *