Operação da Susepe desarticula lideranças criminosas no presídio de Santa Cruz

GERAL

Operação da Susepe desarticula lideranças criminosas no presídio de Santa Cruz

A Operação Rédea Curta foi executada pela segunda vez neste mês no Presídio Regional de Santa Cruz nesta quinta-feira (25). A ação conta com a participação dos agentes penitenciários da 8ª Delegacia Penitenciária Regional (Vale do Rio Pardo), do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Gaes), dos agentes de inteligência do órgão central e da 8ª região além do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros.
O foco é desarticular lideranças criminosas identificadas pela Divisão de Inteligência Penitenciária, manter a ordem e a disciplina e apreender possíveis materiais ilícitos dentro do presídio. O Gaes atuou no pátio onde estavam os apenados da galeria C e D, fizeram busca pessoal e os contiveram no local. As demais equipes atuaram nas revistas das celas, com o emprego de cães farejadores. A contenção e o controle da área externa ficaram sob responsabilidade da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros. 
A operação foi coordenada pelo delegado penitenciário da 8ª região, Bruno Pereira, sob a orientação do Departamento de Segurança e Execução Penal (DSEP). “Vamos prosseguir intensivamente com as revistas, vamos desarticular possíveis lideranças negativas junto aos apenados, garantindo a segurança dos estabelecimentos prisionais”, reiterou Angelo Carneiro, diretor do DSEP.Texto: Janice Sant’Ana/ Imprensa SusepeEdição: Léa Aragón/ Secom

Hits: 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *