Padre acusado de exploração sexual de adolescentes tem liberdade negada

GERAL

Padre acusado de exploração sexual de adolescentes tem liberdade negada

CRUZ NO FUNDO ESCURO

(FOTO: Flickr/Creative Commons/Niklas Montelius)

Em Juazeiro do Norte, um padre acusado de explorar sexualmente de adolescentes, na Região do Cariri, teve a liberdade negada pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A decisão foi confirmada nesta terça-feira (21).

O pedido foi negado por “garantia da ordem pública, bem como a gravidade do delito considerando a continuidade delitiva e a repugnância da natureza do crime praticado, bem como a sua natureza hedionda”.

O acusado está preso desde o dia 7 de outubro de 2016, e o pedido do direito de recorrer em liberdade negado.

De acordo com denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), o padre abusava sexualmente dos adolescentes e tirava proveito de sua condição religiosa. Os crimes aconteciam na casa da irmã. As investigações apontam que ele oferecia dinheiro em troca de favores sexuais, além de estímulo à prática de atos libidinosos e troca de material pornográfico. As próprias vítimas e os responsáveis pelos adolescentes denunciaram o caso. O religioso foi condenado a cumprir 13 anos, sete meses e dez dias de reclusão.

Tribuna do Ceará21 de agosto de 201817:16Publicado primeiro em TRIBUNA DO CEARÁ

Hits: 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *